Mais de R$ 8 milhões são investidos em 2019 na alimentação escolar de S.Bárbara

0
23

Alimentação balanceada, com verduras, legumes, grãos e frutas, em um cardápio preparado com todo o carinho por profissionais. Esta é uma das características da merenda escolar de Santa Bárbara d’Oeste. No ano de 2019, a Prefeitura investiu mais de R$ 8 milhões para atender os 15 mil alunos da Rede Municipal de Ensino. E mais do que qualidade, a alimentação tem ótima aceitação por parte dos alunos.

Com foco na prevenção da Saúde, os alimentos são selecionados e o cardápio planejado de maneira balanceada, priorizando os hortifruti e reduzindo os industrializados. Atualmente, a maioria dos alimentos ofertados aos alunos é “comida de verdade”, sendo 30% provenientes da agricultura familiar, com grande variedade de frutas e orgânicos e sucos 100% integrais. E uma das novidades é a introdução do arroz integral e de fórmula exclusiva para crianças de até 2 anos de idade.

“A alimentação servida aos estudantes é preparada pelas nossas cozinheiras e auxiliares com todo o zelo e carinho. Estas recebem orientações e o acompanhamento das nutricionistas para sempre desempenharem o trabalho de maneira qualitativa. O resultado desta dedicação é observar a alimentação de forma saudável e consciente. Este é um desejo alcançado pelo prefeito Denis Andia, que sempre tem um olhar cuidadoso em tudo que envolve Educação”, disse a secretária de Educação, Tânia Mara da Silva.

Uma importante ferramenta de Educação Alimentar e Nutricional e de mudança de hábitos ganhou força em 2019. O Projeto Horta está presente na maioria das escolas da rede municipal de ensino, com espaços que permitem o cultivo em atividades que envolvam os alunos. Eles plantam, colhem, preparam e se alimentam, o que proporcionou um aumento do consumo de produtos naturais minimamente processados na rotina escolar. Sendo assim, os alunos tornam-se multiplicadores de hábitos saudáveis e sustentáveis.

Qualificação constante

Para qualificar o preparo e armazenamento dos alimentos, em conformidade com o Setor de Alimentação Escolar, as cozinheiras da Rede Municipal de Ensino participam de capacitações técnicas promovidas pela Prefeitura, em parceria com o Sesi. Para este ano, a programação terá como foco motivação e relacionamento humano, envolvendo centenas de profissionais.

O Conselho de Alimentação Escolar também é peça importante para os avanços nas refeições oferecidas aos estudantes. Os conselheiros realizaram visitas semestrais a todas as unidades escolares e acompanharam a aquisição dos gêneros utilizados na preparação da alimentação escolar, a qualidade ofertada aos alunos, as condições higiênico-sanitárias em que os alimentos são armazenados, preparados e servidos, a distribuição e o consumo, a execução financeira e a prestação de contas. A atuação conjunta proporciona apontamentos, sugestões e soluções para o melhor atendimento aos alunos do Município.